quarta-feira, 11 de julho de 2012

Em fim… chegou meus trinta!

Slide4

Hoje é 11 de julho. No dia 02 deste mês eu completi exatamente 30 anos.

Coloquei no meu face uma imagem para homenagear meu momento atual. Uma nova atualização do meu sistema de vida. Agora sou Milanimaster 3.0, mais velho sim, mas também bem mais experiente. Ainda tenho a estranha sensação que ontem eu tinha 15 anos e que meus 20 anos foram muito corridos e passaram muito depressa.

Essa década da idade dos 20 foi conturbada. Muita luta, muita coisa que deu errada, muitas perdas, mas também muitas vitórias, grandes conquistas e muitas superações. Tentei mudar o mundo e falhei pois acabei mudando. Não consigo interpretar se para melhor ou pior, mas pelo menos não sou o mesmo. Uma parte de mim se foi, outra ficou e outra parte me diz que ainda tem muita coisa pela frente par amudar. Estou curioso, o que virá agora?

Deixei muita coisa legal para tráz. Amigos foram embora, pessoas especiais deixaram de viver, descobri falhas humanas e que não sou o centro do universo, busquei ajuda de Deus, acertei, errei, acertei de novo… a vida nunca tem uma resposta simples para tudo.

Construi algumas coisas bacanas. Tenho um filho fantástico, tenha meu casamento, uma casa, um punhado de amigos do peito, algum conhecimento em informática, um emprego estável e no final de tudo isso, ficam as contas para pagar no final do mês.

Me tornei um líder capaz de influenciar as pessoas ao meu redor. Essa liderança é algo inerente em mim, parece que sai pelos poros e por mais que eu queira amansá-la, ela não se aquieta. Acabei me decepcionando por dar mais do que os outros podem me oferecer e esqueci que uma das regras da felicidade é dar sem querer nada em troca. Mas um afago humano nunca é demais. Coloquei na minha agenda o seguinte. Aprenda esta lição : “Todo mundo nasceu pra te dizer não, mas o SIM será sempre uma conquista sua.”, lute por mais conquistas pois as águas passadas não movem moinhos.

Canceriano tem tendência a melancolia. Mas eu não acredito em Horóscopo, força do destino. Criamos nossa própria história. Meu maior medo é perder a vontade de caminhar, andar, curtir, ver a vida por angulos prazerosos.

Tudo em mim se resumo a um dia após o outros. Houve vezes em que tudo era mais bonito, tinha mais cor, mais calor. Hoje é como acordar de manhã e sentir o bafo de um leão na sua nuca exigindo que você corra. Será que estou me queixando de mais?

Tenho água quente no meu chuveiro, comida na minha mesa, regalias da tecnologia ao meu redor e parece que nada me satisfaz. Tenho na verdade saudade do meu Pai. Preciso fazer as pazes com Ele… a gente não tem se entendido muito, e sei que não tenho sido um bom filho.

Tenho esperanças em voltar a ser quem eu era. Mais feliz com o pouco, mais tranquilo com as ondas do mar, mais confiante em Deus, menos confiante no homem. É tudo uma questão de relacionamento… mas seu eu pudesse. Eu queria meus velhos e antigos amigos de infância de volta. Minha família reunida e a paz do aconhego de um lar onde não falte ninguém…

Feliz Aniversário Marcelo… (Por Marcelo Milani)

0 comentários:

Postar um comentário

 
;