sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Olhando para cima!

Certa vez um menino correndo por um campo caiu dentro de um poço. A medida que foi escurecendo seus pais sentiram sua falta por causa da demora em aparecer. Logo uma busca pelos moradores se iniciou atráz do menino desaparecido.

As terras daquele campo eram conhecidas por ataques de lobos . E a cada segundo que se passava a aflição dos pais aumentava mais e mais. A madrugada foi avançando e a corrida contra o tempo parecia desesperador, mesmo assim, todos se esforçaram.

Quando o dia raiou quase sem esperanças, um cachorro caçador alertou a todos acoando para dentro do poço. Para surpresa geral, lá estava o menino deitado no fundo do poço… e acreditem, ele estava dormindo!

Quando o tiraram dalí, seus pais o abraçaram e lhe perguntaram. “- Filho, você passou a noite toda dentro poço, você não teve medo?”. E o menino respondeu: “- Não mamãe, pois a noite dentro do poço eu pude notar o quanto as estrelas são realmente lindas!”

O menino podia passar a noite chorando desesperado. Mas ele escolheu olhar para cima! Você ousaria olhar para cima durante a sua meia noite dentro do poço?

Caiu? Não tem forças para levantar? Olhe para cima e curta a noite estrelada em meio do breu que se formou ao seu redor. O tombo foi feio? Todo mundo riu…ria junto e então bingo! Sacuda a poeira e recomece a andar.

Ja disseram para você que tu não fazes nada direito? Que entre o ouro você se equivale a pepita? Não acredite em tudo que lhe dizem…o valor de um homem está além do que muitos olhos humanos podem ver.

Se a cabeça ta quente espere esfriar. Se o dia foi complicado, então “vai pescar!”, caminhe, corra, espaireça a cabeça, esvazia a alma com alguém especial, faça algo de que gosta, cozinhe aquele prato que você adora, faça alguns acordes no violão! O Choro pode durar uma noite, mas o sorriso virá pela manha…

Quando o algorítmo da vida falha num ponto da programação, é hora de rever o script e achar a solução para a linguagem da felicidade. E saiba de uma coisa caro leitor do identidade virtual. Tudo na vida é passageiro, menos o cobrador e o motorista!

Estava triste e agora sorriu? Então seus problemas acabaram! A vida voltou a lhe sorrir…sorria para ela também!

Sorria-sempre

Grande abraço para a minha amiga Lela, minha parceira de chicotadas e alegrias na vida e para a Lisi que me inspirou a escrever este post depois de uma briga com o mundo!! A Lisy venceu abriga…rsrs

Por Marcelo Milani

0 comentários:

Postar um comentário

 
;